;
O Câncer de Pulmão
 
O câncer de pulmão é o câncer mais comum em todo o mundo, com aproximadamente 2 milhões de novos casos diagnosticados anualmente1.
 
A exposição à fumaça do tabaco é a causa mais comum do câncer de pulmão2. Menos de 25% dos pacientes de câncer de pulmão são não fumantes, e, nestes casos, a doença pode ser decorrente de fatores genéticos, exposição ao gás radônio, poluição e tabagismo passivo1,3. O câncer de pulmão apresenta uma alta mortalidade, levando a aproximadamente 1,7 milhão de mortes/ano em todo o mundo1. De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (INCA), em 2020, somente no Brasil, foram estimados 30.100 novos casos de câncer de pulmão, colocando essa neoplasia como a 4ª mais frequente na população geral (ambos os sexos)4.
 
Essa patologia é subdividida de acordo com a histologia apresentada pelo tecido tumoral. A classificação histológica chamada de “não pequenas células” (CPNPC) representa aproximadamente 85 a 90% de todos os casos de câncer de pulmão. Nesta classificação, existem basicamente dois subtipos: células escamosas (SQ) constituindo aproximadamente 25 a 30% de todos os casos de CPNPC no mundo e o subtipo de células não escamosas (NSQ) representando aproximadamente 70 a 75%5-7
 
Inicialmente, o câncer de pulmão era classificado com base apenas em suas características histológicas. No entanto, a descoberta de múltiplos mecanismos moleculares subjacentes ao desenvolvimento, à evolução e ao prognóstico do câncer de pulmão, adicionou sub-classificações moleculares a estes tumores.  Os constantes avanços científicos, na área de genética e imunologia de tumores, vem criando oportunidades para o desenvolvimento de novas formas de tratamento, capazes de impactar de maneira significativa a sobrevida dos pacientes. Uma delas é a imuno-oncologia, que representa um significativo avanço como opção de tratamento dessa neoplasia na última década8.
 
Os últimos 30 anos de pesquisa em imuno-oncologia forneceram evidências sólidas de que tumores são reconhecidos pelo sistema imunológico e o seu desenvolvimento pode ser interrompido ou controlado, em alguns casos, por meio de um processo conhecido como vigilância imunológica. Por meio deste processo, o sistema imune de algumas pessoas pode identificar e eliminar especificamente as células tumorais com base na expressão de antígenos específicos, que são moléculas expressas unicamente ou em maior quantidade na superfície dos tumores. No entanto, nos casos em que o sistema imunológico não é capaz de eliminar completamente as células tumorais, um estado de equilíbrio pode se estabelecer, em que o tumor não progrida e não se espalhe pode se desenvolver ou, eventualmente, as células tumorais podem resistir à resposta imunológica antitumoral, evitá-la ou suprimi-la, levando ao crescimento do câncer. Um exemplo de mecanismo de resistência do tumor ao sistema imune é a expressão da proteína PD-L1, que resulta na redução da ação do sistema imunológico sobre o tumor, evitando assim a eliminação ou controle da progressão tumoral9
 
Na luz dessas descobertas, surgiu uma nova estratégia terapêutica: a imuno-oncologia. O objetivo desta nova terapia é modular a imunidade tumoral, podendo proporcionar um controle duradouro da doença, levando a uma melhora significativa na qualidade de vida de pacientes que respondam satisfatoriamente ao tratamento. Os resultados proporcionados por essa modalidade terapêutica vêm sendo amplamente reconhecidos pela comunidade científica mundial7, que avalia dados significativos relacionados a significativas taxas de resposta e respostas de longa duração em alguns pacientes.





Referências Bibliográficas
1. Bray F et al. CA: Cancer J Clin. 2018;68:394-424; International Agency for Research on Cancer. GLOBOCAN 2018, Cancer Incidence and Mortality  Worldwide: IARC CancerBase. globocan.iarc.fr. Acessado em Dezembro de 2020. 
2. Malhotra J et al. European Respiratory Journal. 2016 48: 626-627.
3. Pallis A et al. Critical Reviews in Oncology/Hematology. 2013 88: 494-503
4. Ministério da Saúde. Brasil. Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva. Coordenação-Geral de Prevenção  e Vigilância. Estimativa 2020: incidência de câncer no Brasil – Rio de Janeiro: INCA, 2019 
5. Perez-Moreno P et al. Clin Cancer Res. 2012; 18:2443-2451C.
6. Travis WD. Clin Chest Med. 2011; 32:669-92.                            
7. Herbst RS et al. N Engl J Med. 2008; 359(13):1367-1380. 
8. Momtaz P et al. Pharmgenomics Pers Med. 2014; 8: 357-365.

9. Finn OJ. Ann Oncol. 2012; 8:viii6-9. 10. Gettinger S et al. Journal of Thoracic Oncology. 2019 OA14.04 Vol 14 n°10S.
 
IOBR2100132-01 – Fevereiro/2021 

Em vigor a partir de 27 de Agosto de 2020


A Bristol Myers Squibb Farmacêutica Ltda ("BMS") tem o compromisso de respeitar a sua privacidade e criou esta política de privacidade (“Política”) para explicar quais Dados são coletados e como são tratados pela BMS.


POR FAVOR, RECOMENDAMOS QUE A POLÍTICA ABAIXO SEJA LIDA COM ATENÇÃO. ELA DESCREVE COMO SÃO TRATADAS AS INFORMAÇÕES PESSOAIS FORNECIDAS POR VOCÊ AO ACESSAR E UTILIZAR A PLATAFORMA OU COLETADAS PELA BMS PARA FORNECER AS FUNCIONALIDADES DA PLATAFORMA E DO PROGRAMA IO DETECT (“Programa”).


Para fins desta Política, “Usuários” são todos os indivíduos que de alguma forma utilizam a Plataforma IO Detect. Pacientes para quem testes biomarcadores sejam solicitados no âmbito do Programa não são considerados “Usuários” da Plataforma e esta Política não se aplica aos dados pessoais desses pacientes. Informações sobre como os dados pessoais de pacientes são tratados pelas empresas e profissionais envolvidos no Programa podem ser encontradas no Termo de Esclarecimento, Informação e Consentimento para Transporte e Análise de Amostra de Material Biológico, que é disponibilizado pelos médicos aos pacientes que receberem a indicação para realização do teste de biomarcadores para que os pacientes avaliem e decidam, por livre escolha e vontade, se têm interesse na realização dos testes mediante assinatura do termo.


A Plataforma IO Detect é uma plataforma online acessível na URL http://www.iodetect.com.br/# (“Plataforma”) por meio da qual profissionais médicos podem se inscrever no programa e ter acesso ao serviço de determinação de biomarcadores em amostras de tecido de câncer de pulmão não pequenas células localmente avançado ou metastático, para o subtipo não escamoso.


Para que a Plataforma possa adequadamente oferecer as funcionalidades é necessário que ela tenha acesso a determinadas informações pessoais sobre os Usuários (em conjunto, os “Dados”).


Não é possível oferecer as funcionalidades da Plataforma sem ter acesso a esses Dados. Ou seja, o tratamento dos Dados é condição para utilizar a Plataforma.


Esta Política explica, de maneira simples, objetiva e transparente, quais Dados dos Usuários são coletados e tratados pela BMS e para quais finalidades, além de indicar com quem eles podem ser compartilhados e quais os recursos disponíveis aos Usuários para fazer a gestão dos seus Dados.


O conteúdo desta Política é o seguinte:

  1. Quais Dados coletamos e tratamos
  2. Porque coletamos e tratamos esses Dados
  3. Quando excluímos os Dados
  4. Quem mais terá acesso aos Dados e porquê
  5. Quais os seus direitos com relação a esses Dados
  6. Como armazenamos e protegemos os seus Dados
  7. Você precisa fornecer o seu consentimento para a BMS usar os seus Dados conforme descrito nesta política?
  8. Website de terceiros
  9. Alterações nesta Política
  10. Como fazer uma reclamação

Segundo a Lei nº 13,709/2018, a BMS é considerada a “Controladora” dos seus Dados. Se após a leitura desta Política você ainda tiver qualquer dúvida ou, por qualquer razão, precisar se comunicar conosco para assuntos envolvendo os seus Dados, você pode entrar em contato pelos canais abaixo:


Encarregado pelo tratamento dos dados pessoais: Kamayini Kaul

Formulário de solicitações relacionadas a direitos de titular de dados: https://www.bms.com/br/dpo/request.html


1. Quais Dados coletamos e tratamos


A BMS somente recebe ou de outra forma coleta os seguintes tipos de informações relacionadas aos Usuários: (1) informações de cadastro; (2) informações relacionadas à participação do Usuário no Programa; e (3) dados de dispositivos e navegação, conforme descrito neste Política.


1.1. Informações de Cadastro: São as informações que o Usuário preenche ao se cadastrar na Plataforma para criar uma conta, antes de utilizar os Serviços:

  • nome
  • número do CRM
  • especialidade
  • nome de usuário e senha
  • endereço de e-mail
  • Telefone
  • Endereço de coleta da amostra (clínica/hospital)
  • Customer authentication credentials or credential hint

1.2. Informações relacionadas à participação do Usuário no Programa: São as informações relacionadas a solicitações de testes biomarcadores por meio do Programa e outras interações realizadas pelos Usuários na área restrita da Plataforma:

  • testes solicitados
  • data de solicitação

1.3. Informações sobre Dispositivos: São informações coletadas por meio de tecnologias como cookies, pixels e beacons quando os Usuários interagem com a Plataforma. Entre essas informações estão:

  • dados técnicos, como informações de URL
  • dados de cookies
  • seu endereço IP
  • os tipos de dispositivos que você está usando para acessar ou se conectar à Plataforma
  • o ID exclusivo do dispositivo
  • atributos do dispositivo
  • o tipo de conexão de rede
  • o desempenho do provedor, da rede e do dispositivo
  • o tipo do navegador
  • o idioma do navegador
  • informações que permitem a gestão dos direitos autorais digitais
  • o sistema operacional

2. Porque coletamos e tratamos esses Dados


Usamos os Dados de Usuários para as seguintes finalidades:


Dado Finalidade
Dados de Cadastro
  • Para cadastrar o Usuário na Plataforma;
  • Para identificar e autenticar os Usuários;
  • Para oferecer e gerir o Programa IO Detect;
  • Para entrar em contato com o Usuário (por e-mail, correio, mensagens de texto e/ou telefone) sobre diversos assuntos, inclusive o uso da Plataforma e/ou a realização dos exames solicitados e/ou para fazer pesquisas de satisfação.
Informações Sobre Participação no Programa
  • Para fornecer os testes solicitados;
  • Para oferecer e gerir o programa IO Detect.
Dados sobre Dispositivos e Navegação
  • Para cumprirmos com obrigações legais;
  • Para personalizar o conteúdo fornecido pela Plataforma;
  • Para aprimorar o funcionamento da Plataforma;
  • Para nos auxiliar a entender seus padrões de uso da Plataforma e implementar melhorias nela.

Não utilizamos os Dados de Usuários para nenhuma outra finalidade, além das descritas acima.


3. Quando excluímos os Dados


Nós estruturamos a Plataforma e as nossas operações para que os seus Dados não sejam mantidos de maneira identificada por mais tempo do que o necessário. Ou seja, nós mantemos os Dados somente durante o período em que eles são necessários para as finalidades descritas acima, se formos obrigados por lei ou para exercício regular de nossos direitos.


Podemos manter Dados de maneira anonimizada, ou seja, sem que estejam ou possam ser relacionados a um Usuário, por períodos maiores.


As informações que coletamos referentes ao endereço de IP dos Usuários da página e aos registros de acesso dos Usuários cadastrados são armazenados por pelo menos 6 (seis) meses, conforme determinado pelo artigo 15 da Lei nº 12.965/2014 (Marco Civil da Internet).


4. Quem mais terá acesso aos Dados e porquê


O suporte à realização de testes biomarcadores no âmbito do Programa IO Detect é oferecido pela BMS e contamos com prestadores de serviços terceirizados para administrar o programa. Esses prestadores de serviços terceirizados também poderão ter acesso aos seus Dados.


As informações sobre os prestadores de serviços terceirizados contratados para a administração do programa podem ser solicitadas a qualquer momento através dos canais de contato disponíveis no site www.iodetect.com.br.


Podemos também eventualmente compartilhar os seus Dados com terceiros identificados abaixo.


Terceiro Tipo de Dado Compartilhado Finalidade do Compartilhamento
O laboratório responsável pela realização dos testes biomarcadores que você solicitar
  • Dados de Cadastro
  • Informações sobre Participação no Programa
Para realizar os testes que você solicitar,
Outros prestadores de serviços da BMS, inclusive os prestadores de serviços responsáveis pela administração do Programa e prestadores de serviços de tecnologia e hospedagem de site, entre outros
  • Dados de Cadastro
  • Informações sobre Participação no Programa
  • Dados de Dispositivos e Navegação
Para gerir o Programa ou para nos ajudar a reformular e manter a Plataforma.
Autoridades judiciais, policiais ou governamentais ou outros terceiros
  • Dados de Cadastro
  • Informações sobre Participação no Programa
  • Dados de Dispositivos e Navegação
Em caso de estarmos obrigados por lei, norma regulatória ou ordem judicial a compartilhar os Dados
Terceiro adquirente em caso de venda ou transferência de parte ou da totalidade do negócio, da operação ou dos serviços prestados por nós a um terceiro
  • Dados de Cadastro
  • Informações sobre Participação no Programa
  • Dados de Dispositivos e Navegação
Nos reservamos o direito de divulgar seus dados pessoais ao potencial comprador antes ou depois da venda. Caso a venda não seja consumada, solicitaremos ao potencial comprador que não faça uso e não divulgue seus dados pessoais de qualquer maneira ou forma e que as apague por completo

Algumas das empresas e terceiros indicados acima, inclusive o laboratório capacitado para realização dos testes biomarcadores que você solicitar, podem estar localizados fora do Brasil. Se os seus Dados forem transferidos para outro país, nós adotaremos as medidas exigidas por lei para assegurar que eles continuem protegidos, mas por favor tenha em mente que ao utilizar a Plataforma e nos fornecer os seus Dados eles poderão ser enviados a outros países.


5. Quais os seus direitos com relação aos seus Dados


Nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados (Lei 13.709/2018 –) (“LGPD”), você tem direito a:

  1. confirmação de que realizamos o tratamento dos seus Dados;
  2. acesso aos seus Dados;
  3. correção de Dados que estejam incompletos, inexatos ou desatualizados;
  4. anonimização, bloqueio ou eliminação de Dados desnecessários, excessivos ou tratados em desconformidade com o disposto na LGPD;
  5. portabilidade dos seus Dados a outro fornecedor de serviço ou produto, observados os nossos segredos comerciais e industriais, após a regulamentação pela Autoridade Nacional de Proteção de Dados;
  6. eliminação dos Dados tratados com base no seu consentimento, exceto nas hipóteses de conservação de Dados previstas na LGPD;
  7. informação sobre com quem compartilhamos os seus Dados;
  8. informação sobre a possibilidade de não fornecer o seu consentimento e as consequências;
  9. revogação do seu consentimento para o tratamento dos seus Dados, quando os Dados forem tratados com base no seu Consentimento (veja o item 7 abaixo);
  10. oposição a tratamento que viole a LGPD.

Você pode exercer qualquer um dos direitos acima enviando uma solicitação em https://www.bms.com/br/dpo/request.html.


Antes de respondermos a uma solicitação para exercício dos direitos mencionados acima, podemos solicitar que você nos forneça algumas informações para confirmarmos sua identidade.


6. Como armazenamos e protegemos os seus Dados


Nós armazenamos seus dados de forma segura em data centers de terceiros localizados no Brasil e nos Estados Unidos. Atualmente, contratamos os serviços de data centers fornecidos por operadores de serviços de computação em nuvem. Antes de enviar os seus dados para armazenamento em outros países, nós adotamos as medidas exigidas por lei para assegurar eles continuem protegidos.


Nós adotamos as melhores práticas técnicas e administrativas para proteger os Dados de acessos não autorizados, destruição, perda, alteração, comunicação ou qualquer forma de tratamento inadequado ou ilícito.


Ao mesmo tempo, nenhuma plataforma é completamente segura. Se você tiver qualquer preocupação ou suspeita de que os seus Dados estão em risco, por exemplo, se alguém teve acesso à sua senha, por favor entre em contato conosco imediatamente.


7. Você precisa fornecer o seu consentimento para a BMS usar os Dados conforme descrito nesta política?


A LGPD estabelece diversas situações em que é permitido o tratamento de dados pessoais independentemente do consentimento do titular daqueles dados. São as chamadas “bases legais para o tratamento de dados”.


Isso significa que, se você optar por utilizar a Plataforma, poderemos coletar e tratar os seus dados independentemente do seu consentimento (se houver uma “base legal” prevista na LGPD que nos permita fazer isso).


8. Websites de Terceiros


Como um recurso para os nossos Usuários, podemos fornecer links para outros sites na Internet. A BMS não se responsabiliza por esses websites e conteúdos e, ainda, não compartilha, subscreve, monitora, valida ou aceita a forma como esses websites ou ferramentas de armazenamento de conteúdo coletam, processam e transferem suas informações pessoais e privadas. Recomendamos que você consulte as respectivas políticas de privacidade de tais websites para se informar adequadamente a respeito do uso de suas informações pessoais por outros websites ou outras ferramentas.


9. Alterações nesta Política


Nós poderemos alterar as disposições desta Política a nosso critério e a qualquer tempo.


Toda vez que alterarmos materialmente esta Política, essas alterações serão válidas, eficazes e vinculantes após: (1) serem divulgadas no website da BMS; (2) serem enviadas por e-mail aos Usuários; e/ou (3) serem comunicadas de qualquer outra forma aos Usuários.


O Usuário deverá verificar a versão atualizada desta Política toda vez que visitar a Plataforma.


Nas hipóteses em que as alterações nesta Política impliquem em mudanças nas nossas práticas de tratamento de dados pessoais que dependam do consentimento dos Usuários (veja o item 7 acima), os Usuários serão solicitados a consentir com os novos termos desta Política após a alteração para que possam continuar utilizando a Plataforma e recebendo os Serviços.


10. Como fazer uma reclamação


Você pode fazer uma reclamação por meio dos dados de contato da BMS informados acima.


Você também pode enviar uma mensagem à Autoridade Nacional de Proteção de Dados.